JESUS CRISTO, O FILHO DE DEUS

Em toda nossa caminhada devemos ter sempre Cristo como nosso guia. Ele nos guarda a cada dia. "Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glória, pois a ele eternamente. Amém." Sejam bem vindos ao nosso blog em o nome do Senhor Jesus !!! Disse Jesus: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Amo ao Senhor Jesus Cristo, porque Ele me amou primeiro e trouxe-me para a sua maravilhosa presença. Deus é tremendo !!!

domingo, 30 de novembro de 2014

PESQUISA SOBRE RELIGIÃO NA AMÉRICA LATINA

Catolicismo perde força e um em cada cinco é protestante na América Latina

Uma pesquisa da Pew revela o crescimento do evangelismo nas últimas quatro décadas





Perda de fiéis é um dos maiores desafios do papa Francisco. / AFP
catolicismo está perdendo força na América Latina. Em quatro décadas – entre 1970 e 2014 –, os católicos, que representavam 92% da população na região, agora são 69%, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo instituto Pew Research, de Washington, nos Estados Unidos. Nesse mesmo período, a proporção de protestantes passou de 4% para 19% da população, com o crescimento das igrejas evangélicas na região e a procura por experiências religiosas mais pessoais. Também aumentou o número de pessoas sem filiação religiosa – que se declaram ateias, agnósticas ou nada em particular –, passando de 0% para 8%.
                                                                          
As variações nas últimas quatro décadas foram muito mais repentinas que nas seis décadas anteriores. Em 1910, o catolicismo era a religião de 94% dos latino-americanos, apenas dois pontos a mais que em 1970, segundo os dados citados pelo Pew. Apenas 1% da população era protestante, três pontos a menos que 60 anos mais tarde. Os cálculos históricos citados no comunicado vêm do World Religion Database, uma base de dados elaborada por vários institutos independentes, e dos censos do Brasil e México.
A sondagem foi baseada em 30.000 entrevistas presenciais realizadas entre outubro de 2013 e fevereiro de 2014 em todos os países de língua espanhola e portuguesa da América Latina e do Caribe, com a exceção de Cuba e incluindo Porto Rico. O relatório emprega o termo “protestante” em sentido amplo, abrangendo membros de igrejas protestantes históricas (batistas, adventistas do sétimo dia, metodistas, luteranas e presbiterianas), de igrejas pentecostais (Assembleia de Deus, Igreja Pentecostal de Deus e Igreja Evangélica Quadrangular) e outras. Menos de um quarto dos protestantes consultados pertence a uma igreja histórica, e mais da metade faz parte de uma igreja pentecostal.
Os resultados da pesquisa revelam diferenças significativas entre países e faixas etárias, permitindo vislumbrar tendências subjacentes. Mais de 425 milhões de católicos vivem na América Latina – quase 40% da população católica mundial. O continente é a região com mais católicos do mundo.

Desde março, ele conta com um papa latino-americano, o argentino Jorge Mario Bergoglio. Mas, como ainda não há dados prévios recentes, ainda é cedo para saber se o efeito do novo papa vai conseguir frear o retrocesso do catolicismo na região. A pesquisa revela apoio maciço ao papa Francisco entre os católicos, mas esse apoio varia de acordo com o país, sendo 78% dos católicos da Bolívia e 98% dos católicos argentinos favoráveis ao papa. Entre os ex-católicos, porém, apenas na Argentina e no Uruguai os que têm visão favorável do papa Francisco formam a maioria.Os resultados da pesquisa revelam diferenças significativas entre países e faixas etárias, permitindo vislumbrar tendências subjacentes. Mais de 425 milhões de católicos vivem na América Latina – quase 40% da população católica mundial. O continente é a região com mais católicos do mundo.
Um dos maiores problemas do catolicismo é a perda de fiéis. Na pesquisa, 84% dos adultos latino-americanos dizem que foram criados no catolicismo, 15 pontos percentuais mais que os que hoje se identificam como católicos. Em contrapartida, 9% dos latino-americanos foram criados em igrejas protestantes, mas 19% se descrevem como protestante. E entre os não crentes, a transição vai de 4% a 8%.
                                                                                        
Por países, o Paraguai é o mais católico (89% da população) e o Uruguai, o menos (42%). O catolicismo predomina em países como o México (81%), Colômbia (79%), Equador (79%), Bolívia (77%) e Peru (76%). É majoritário no Chile (64%), em Costa Rica (62%) e no Brasil (61%), o país com o maior número de católicos do mundo (cerca de 120 milhões). E chega à metade ou menos de metade da população em El Salvador (50%), Guatemala (50%), Nicarágua (50%) e Honduras (46%).
É nesses países centro-americanos, onde o catolicismo está menos presente, que o protestantismo encontra mais adeptos. Honduras e Guatemala lideram o ranking: 41% de seus habitantes se afirmam protestantes. Esses países são seguidos pela Nicarágua (40%), El Salvador (36%) e, já fora da América Central, Porto Rico (33%).
O Uruguai é um caso à parte. É o país com a menor proporção de católicos da América Latina, mas não porque o protestantismo esteja muito presente (chega a 15% da população), mas devido ao grande número de não crentes (37%). Depois do Uruguai, a República Dominicana (18%) e Cuba (16%) são os países latino-americanos com a maior proporção de pessoas sem filiação religiosa.
Embora não vivam num país latino-americano, a situação dos hispânicos nos Estados Unidos merece ser citada, porque as tendências vistas na pesquisa refletem algumas das tendências reveladas em outra sondagem do instituto Pew em 2013 sobre esse grupo. De acordo com essa pesquisa, 55% dos hispânicos nos EUA são católicos, 22% são protestantes e 18% são ateus ou agnósticos. Cerca de 24% dos latinos adultos nos EUA foram educados no catolicismo mas abandonaram essa religião, enquanto apenas 2% que foram criados com outra religião se converteram ao catolicismo.
                                                                                                          
Por trás da virada do catolicismo para o protestantismo há razões que se repetem. A explicação mais vista na pesquisa sobre a América Latina é a busca de uma ligação mais pessoal com Deus, citada por dois terços do total na maioria dos países. Também é visível o sucesso dos esforços de evangelização das igrejas protestantes: 58% dos que se converteram do catolicismo ao protestantismo dizem que a nova igreja os procurou. E a pesquisa assinala que os protestantes são muito mais propensos a compartilhar sua fé com pessoas de fora de seu grupo religioso.
Por hábito ou opinião, os católicos na América Latina tendem a ser menos conservadores que os protestantes em assuntos como o aborto, o casamento gay, as relações sexuais antes do casamento e o consumo de álcool. Já os protestantes tendem a ser mais praticantes que os católicos: 83% dos protestantes e 62% dos católicos vão à igreja uma vez por mês.
Nesse sentido, a maioria dos católicos gostaria que a igreja católica fosse mais aberta, algo que pode ser crucial para decidir se a mensagem reformista do papa Francisco atende aos desejos desse grupo. Cerca de 66% dos católInternacionalicos pedem que a igreja apoie o uso de anticoncepcionais artificiais. A proporção chega a 72% nos EUA e a aproximadamente 80% no Chile, Venezuela, Argentina e Uruguai. São maioria – 60% – os católicos latino-americanos que pedem o fim da proibição do divórcio pela igreja. E, novamente, o apoio a essa posição é mais alto no Chile, Uruguai e Argentina.

Fonte:  brasil.elpais.com
El País  

CREDO APOSTÓLICO


Credo significa creio.

Credo não é oração, mas sim a profissão de fé da igreja.  Em 1020 foi introduzido o uso do credo na missa pelo papa Bento VIII.





Creio em Deus, Pai todo-poderoso,
Criador do céu e da terra.
E em Jesus Cristo,
seu único Filho
nosso Senhor.
Que foi concebido pelo poder do Espírito Santo,
nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob Pôncio Pilatos,
foi crucificado, morto e sepultado,
desceu à mansão dos mortos,
ressuscitou ao terceiro dia,
subiu aos Céus
está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso,
donde há-de vir julgar os vivos e mortos.
Creio no Espírito Santo,
na Santa Igreja Católica, (Igreja universal de Cristo, a universal assembleia dos santos)¹
na comunhão dos santos,
na remissão dos pecados,
na ressurreição da carne,

na vida eterna.





¹ Igreja Católica romana é igreja local com sua sede em Roma.  A Igreja Católica que se refere o credo é a igreja universal de Cristo, fazem parte dela todos os que creem em Jesus Cristo e fazem a sua vontade.


A igreja teve seu início em Jerusalém entre os judeus e o primeiro gentio a se converter foi Cornélio.  

Antes de chegar a Roma, já havia comunidades cristãs em Antioquia, Corinto, Alexandria.

Sejamos cientes que a igreja universal de Cristo começou em Jerusalém. Com a perseguição que houve no início da igreja, os cristãos se espalharam e levaram o evangelho de Jesus para outras cidades.
Antes de Roma, a universal assembleia, ou seja, a igreja católica, da qual todos os crentes em Jesus fazem parte, já estava atuando na terra.
A igreja de Roma descrita na carta do Apóstolo Paulo aos romanos, foi uma das comunidades cristãs da época, não a única.



Fonte:   Wikipédia - enciclopédia livre.

sábado, 29 de novembro de 2014

CANÇÕES DO PADRE ZEZINHO

Sou crente na pessoa bendita de Jesus Cristo.
Creio em Deus Pai, Todo Poderoso, no Filho amado de Deus Pai Jesus Cristo, e no Espírito Santo que é o Consolador que o Deus Pai prometeu que enviaria pela intercessão do seu Fillho amado Jesus Cristo. Creio na morte expiatória de Cristo, o qual morreu em nosso lugar, para que eu e você sejamos reconciliados com o Deus Pai Todo Poderoso, através de Jesus Cristo, que salva, perdoa nossos pecados, transforma a vida de todos os que nEle crê e nos dá a certeza que um dia iremos morar no céu juntamente com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Sou Evangélico Pentecostal, nasci em um lar católico, porém, tive experiência real com Jesus Cristo na Assembleia de Deus, onde estou servindo ao Senhor, mas essas músicas do Padre Zezinho, são muito bonitas e ao meu ver não são voltadas somente ao público católico, pois a mensagem da palavra de Deus é para todas as pessoas, independente da sua religião.




HÁ UM BARCO ESQUECIDO NA PRAIA


ORAÇÃO PELA FAMÍLIA




A DECISÃO É TUA



O JOVEM GALILEU



UTOPIA





QUEM SOMOS NÓS AOS OLHOS DE DEUS PAI

No livro da Bíblia que fala sobre o começo de tudo, ou seja, no livo do Gênesis, conta-nos que fomos criados por Deus.  Criado do pó da terra, e depois que Deus soprou nos narizes do primeiro homem o fôlego da vida, o homem se tornou alma vivente, e depois da costela deste, foi feito a primeira mulher.  Criados para adorar a Deus e cuja tarefa foi cuidar do jardim criado por Deus, o primeiro homem e a primeira mulher preferiram o caminho da desobediência.  Homem e Mulher, criaturas feitas por Deus, deram ouvido ao adversário do Criador de todas as coisas, e com isso o pecado entrou na vida dos seres humanos e isso trouxe muitas desgraças, não só para os homens como também para as demais coisas criadas. Do primeiro casal formado vieram todas as gerações.
Aumentaram-se os problemas e o homem cada vez mais entrando pelo caminho da desobediência,  Em todas as épocas, desde que o mundo foi criado, depois da expulsão do primeiro casal do Paraíso, O Criador sempre usou alguém para por ordem nas coisas que por Ele foi criada.
O homem de tão mau que era, e por ser rebelde, pagou o preço da desobediência, sendo destruídos pelo dilúvio, evento esse, que apenas a família de Noé se salvaram por misericórdia de Deus, pois sendo esse homem justo na sua geração, achou graça aos olhos de Deus, e assim, foi poupado com toda sua família, mas os demais daquela geração foram destruídos.
Através de Noé uma nova geração deu continuidade a história humana, mas logo, esses também foram entrando pelo caminho da rebeldia.
Tempos mais tarde, Deus chamou a Abrão e ordenou-lhe que saísse da sua terra e da sua parentela, esse obedeceu a chamada, apesar de ter tido vários tropeços na caminhada, alcançou a promessa e tornou-se o pai de muitas nações e pai dos crentes na fé, esse passou a se chamar Abraão.
Deus avisou à Abraão que seu povo seria escravo por 400 anos em terra estranha, mas que depois, com mão forte libertaria esse povo, e isso ocorreu através de Moisés, que tirou o povo do Egito, no evento que conhecemos como o Êxodo.  Através de Moisés, Deus ordenou ao povo que lhe obedecesse e que só a Ele temessem e que servissem somente a Ele, o Deus criador dos céus e da terra.
Os homens novamente deixaram de obedecer ao Senhor, mas Deus por sua infinita graça e misericórdia, já havia traçado o plano da salvação, e isso, antes da fundação do mundo e enviou o seu filho amado JESUS CRISTO, para salvar o homem e trazer a esses, reconciliação com o Deus Pai.
JESUS CRISTO, nasceu de uma mulher, cresceu, viveu no meio dos homens, na sua idade adulta começou pregar o evangelho, muitos creram e muitos não, mas a promessa de Deus Pai foi cumprida, com a obediência total do seu filho amado.  Ele morreu na cruz, foi sepultado e ao terceiro dia ressuscitou, trazendo aos homens uma nova oportunidade de serem reconciliados.
Todos que creem no sacrifício de Jesus, que O aceitam como salvador, se arrependendo de seus pecados, recebem, o poder de serem chamados filhos de Deus, e tornam-se nova criatura em Cristo Jesus, recebendo dEle graça para vencerem as lutas e dificuldades pele fé no nome de Jesus.
O homem criado para a glória de Deus Pai, sempre trilhou pelo caminho da desobediência, trazendo assim muitos prejuízos para si próprios e para os que os rodeiam, mas todos que optarem em obedecer a Deus, pela fé no nome de Jesus poderão trilhar por um caminho reto, entrando pela porta que é Jesus Cristo e esse guiará a todos que nEle creem pelas veredas da justiça.
Passarão por lutas e dificuldades, mas Jesus prometeu que estaria com seu povo todos os dias até a consumação dos séculos.
Somos pessoas privilegiadas, pois somos amados por Deus por meio de seu filho Jesus Cristo, e o Espírito Santo, o consolador que Jesus prometeu que iria enviar, está a ajudar a todos que querem fazer a vontade de Deus Pai, fazendo com que o homem e a mulher que aceita a Jesus Cristo, tenha ânimo e coragem para enfrentar e vencer as lutas de cada dia e com certeza sendo MAIS QUE VENCEDORES em CRISTO JESUS, O SENHOR.
Somos homens falhos e pecadores, mas se estivermos em Cristo, somos aceitos e reconciliados com Deus, pelo sacrifício que Jesus Cristo fez no calvário, morrendo na cruz e derramando seu sangue por toda a humanidade.  Esse sacrifício eterno, fez com que a humanidade tenha o direito de voltar-se para Deus e assim, alcançando a salvação em JESUS CRISTO, o SENHOR.

Edilberto Pereira



domingo, 2 de novembro de 2014

CONFIRMANDO A NOSSA FÉ EM JESUS CRISTO, O FILHO UNIGÊNITO DE DEUS

Jesus Cristo, o filho Unigênito de Deus, nos foi enviado para que através Dele fossemos reconciliados com o Pai, é o nosso salvador, o nosso Senhor, o nosso advogado, o nosso redentor, Ele é o Deus Filho, que por amor, morreu na cruz para nos salvar.  Ele veio ao mundo, se fez homem e habitou entre nós.  Ele ofereceu ao Deus Pai  o sacrifício vivo e eterno em favor dos nossos pecados, e hoje, pelo sacrifício vicário de Jesus, somos salvos, perdoados e alcançamos a paz com Deus.
O sacrifício de Jesus no calvário abriu-nos a porta da salvação, e entrando por essa porta que é JESUS CRISTO, temos o privilégio de sermos chamados filhos de Deus.
"Ele veio para o que era seu(o povo judeu). mas os seus não o receberam, mas todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem chamados filhos de Deus".  
Com a morte de Jesus Cristo, a sua ressurreição após três dias e a sua ascenção ao céu, nos foi enviado pelo Pai, o Consolador(Jo 14:16,26) que é o Espírito Santo, a terceira pessoa da Trindade.  Esse Espírito, nos capacita a vencer todas as barreiras e é esse Espírito que nos dá a certeza que somos filhos de Deus.
Jesus voltou para o céu, mas não nos deixou órfãos(Jo 14:18).  Ele está sempre conosco na pessoa do Espírito Santo, confirmando assim a sua promessa que estará conosco "todos os dias até a consumação dos séculos".  Somos protegidos, guardados e guiados, não por um ser comum, mas sim, pelo autor da nossa salvação, que é Deus e por Ele foi criado todas as coisas.
Em Jesus Cristo nós somos mais que vencedores, porque Ele venceu por nós e a sua vitória garante que nós também, pela fé Nele, somos vitoriosos.
Ele morreu por nós pecadores, seres humanos destituídos da glória de Deus, Ele nos amou, mesmo sabendo que não somos merecedores, deu a sua vida por nós e hoje em Jesus Cristo, todos os que O aceitam, que reconhecem o sacrifício feito na cruz, que se arrependem dos pecados, são transformados pelo poder de Deus e tornam-se nova criatura em Cristo Jesus.
O amor de Deus é imenso e todos que querem um dia morar no céu, podem através de Jesus, que é "o caminho, a verdade e a vida", terem uma vida abençoada aqui na terra e no final do seu viver aqui nesse mundo, a vida eterna com Deus.  Ter uma vida abençoada aqui, não significa que não teremos lutas e adversidades, mas nos momentos de tribulações teremos a mão forte do Deus Todo Poderoso, nos ajudando, nos protegendo e sempre nos dando vitórias.
Hoje é dia de voltarmos para Deus, e por meio do Seu Filho Jesus Cristo buscá-lo enquanto podemos O achar.  Lembramos que o Espírito Santo nos ajudará a manter a nossa fé viva no Salvador e Senhor das nossas almas, que é O NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO, o ÚNICO que pode nos reconciliar com o Pai.
Sejamos gratos a Deus, pois Ele nos ama e todos os dias, dá a cada ser humano a oportunidade de serem salvos e libertos em Cristo Jesus.

Bíblia Sagrada
Edilberto Pereira (Bacharel em Teologia - FTL - FAECAD)