JESUS CRISTO, O FILHO DE DEUS

Em toda nossa caminhada devemos ter sempre Cristo como nosso guia. Ele nos guarda a cada dia. "Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glória, pois a ele eternamente. Amém." Sejam bem vindos ao nosso blog em o nome do Senhor Jesus !!! Disse Jesus: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Amo ao Senhor Jesus Cristo, porque Ele me amou primeiro e trouxe-me para a sua maravilhosa presença. Deus é tremendo !!!

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

A FAMÍLIA DE JESUS

Os três primeiros evangelhos trazem-nos um relato sobre a família de Jesus (Mt 12:46-50; Mc 3:31-35; Lc 8:19-21), quando esses quiseram lhe falar, mas como resposta o Senhor Jesus disse; Quem é minha mãe ?  E quem são meus irmãos ? (Mt 12:48), Eis aqui minha mãe e meus irmãos (Mt 12:49) e disse que qualquer que fizer a vontade de Deus, é irmão, irmã, e mãe de Jesus.
Percebemos nessas passagens bíblicas que o Senhor Jesus deixou-nos claro, que quando fazemos a sua vontade somos membros da família de Deus.
Essas passagens nessas  palavras ditas pelo proprio Jesus não nos dão a impressão que o filho amado de Deus Pai, tenha colocado sua mãe na posição que muitos religiosos a colocam.  Não estou dizendo aqui, que Jesus tenha desmerecido sua família, mas ele nos deixou muito claro que diante dele, não há acepção de pessoas,e que todos são iguais perante Ele, ou seja, as ideias sobre a mãe de Jesus ensinadas por grupos religiosos, não encontram respaldo nas próprias palavras do filho de Maria.
Claramente, Jesus não nos deixou ensinamento sobre a "veneração" à sua mãe, ou seja, não nos ensinou ser ela a pessoa mais importante, mas disse que todos que fazem a vontade de Deus, são parte da sua família.
Um outro fato bíblico em Lc 11:27-28 envolvendo a mãe do Senhor, nos diz que uma mulher dentre a multidão exaltou a mãe de Jesus, porém novamente Jesus diz que: "Antes, bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.
Os evangelistas narrando esses acontecimentos, em nenhum momento deram a entender que a mãe do Senhor, a bem-aventurada Maria, fosse alvo de veneração ou adoração.
A palavra de Deus nos ensina que o nosso culto, a nossa adoração deve ser dada somente a Deus, o criador do céu e da terra, e em momento algum nos foi ensinado pelo Senhor Jesus e pelos apóstolos que a mãe de Jesus deva ser "venerada".
Somos ensinados pela palavra de Deus que a chamada de Maria para ser a mãe do filho de Deus, não deu a ela, e nem ela tomou para sí o direito de ser colocada na posição que religiosos a colocam.
Não negamos que a mãe do Senhor, foi um exemplo para todos, uma serva fiel, a bem-aventurada, porém o nosso culto, a nossa adoração, o nosso louvor deve ser ao Deus criador do céu e da terra, que por intermédio de seu filho amado, Jesus Cristo, nos resgatou e nos deu o o poder de sermos chamados filhos de Deus (Jo 1:12), ou seja, todos os que aceitam a Jesus como Salvador, tornam-se filhos de Deus, e assim nos tornamos a família de Jesus, o Deus, que se fez homem e habitou entre nós.
Ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo, toda honra, glória e louvor, pois somente Ele é digno de ser adorado pelos seus fiéis.

Fonte :   Edilberto Pereira, baseado na palavra de Deus (Bíblia de Estudo Pentecostal).

Nenhum comentário:

Postar um comentário