JESUS CRISTO, O FILHO DE DEUS

Em toda nossa caminhada devemos ter sempre Cristo como nosso guia. Ele nos guarda a cada dia. "Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glória, pois a ele eternamente. Amém." Sejam bem vindos ao nosso blog em o nome do Senhor Jesus !!! Disse Jesus: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Amo ao Senhor Jesus Cristo, porque Ele me amou primeiro e trouxe-me para a sua maravilhosa presença. Deus é tremendo !!!

segunda-feira, 2 de maio de 2016

COMEMORAÇÃO ANTIBÍBLICA

Sabe-se que Deus enviou ao mundo seu Filho primogênito para buscar e salvar o que se havia perdido, ou seja, a humanidade que se afastou de Deus,  e que somente por intermédio do Filho Unigênito de Deus pode haver uma reaproximação do homem para com o Deus Pai Todo Poseroso.
A Palavra de Deus de Gênesis ao Apocalipse ensina a respeito do Cordeiro de Deus, que foi morto, mas reviveu, e pouco se fala da mãe do Salvador, e em nenhum relato feito por Jesus ou pelos apóstolos aponta Maria como nossa advogada, auxiliadora, intercessora, diante do Pai, mas sim, Jesus Cristo é apontado como o Senhor, o Salvador, o Advogado, o Intercessor, e somente é indicado nas sagradas escrituras à assunção de Jesus, após sua morte e ressurreição, porém existe ideias à respeito da mãe do Senhor, que não se pode comprovar pelos textos bíblicos, o que existe, são somente suposições.  
Uma das suposições existentes relataremos a seguir.
Comemora-se na igreja Católica a assunção corpórea de Maria ao céu, porém não temos nenhum respaldo bíblico para tal acontecimento.
Não se discute o importante papel da mãe de Jesus no cristianismo, o que se discute é a falta de argumentação bíblica para essas afirmações. Em Gn 3 lemos que a semente da mulher pisaria na cabeça da serpente, e não à mulher, sabemos que o texto refere-se ao Senhor Jesus, que por meio do sacrifício efetuado no calvário, venceu a morte, o pecado e o inferno, e que a mulher do apocalise 12 há várias interpretações à respeito.  
O Apóstolo João que foi incubido pelo Senhor e Salvador Jesus para cuidar de Maria, nada relata à respeito da suposta assunção de Maria. Ele, em uma das suas cartas nos relata, Jesus como nosso advogado, e nem mencionara a mãe de Jesus, e muito menos ensina a suposta assunção.  Provavelmente João e os demais apóstolos estavam habilitados para ensinar à respeito desse episódio, porém nada à respeito nos foi ensinado pelos apóstolos do Senhor.
Ou esse fato não é verídico, ou se é verídico, nada tem a ver com a nossa salvação que está somente em crer no Senhor Jesus.  Os apóstolos do Senhor, não omitiriam um assunto tão importante como esse.
Esses fatos por não serem mencionados pelos enviados do Senhor, ou seja, os apóstolos de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, faz com que tenhamos um cuidado com ensinamentos de homens que acrescentam episódios que não são ensinamentos mencionados na palavra de Deus.

Fonte :  Texto redigido por Edilberto Pereira - Bacharel em Teologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário